Buscar
  • Alexandre Passos

A importância da alimentação durante o tratamento do câncer de mama.


Adotar uma alimentação saudável é fundamental para qualquer pessoa ter uma boa qualidade de vida e afastar o risco de desenvolver doenças. Mulheres que estão passando por um tratamento contra um câncer de mama devem seguir um cardápio saudável, que permita a ingestão adequada de nutrientes para fortalecer o organismo, dar disposição e contribuir para o restabelecimento da saúde.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer, alimentar-se adequadamente é um passo importante para o sucesso do tratamento de pacientes com câncer. Alguns tratamentos contra o tumor da mama, como quimioterapia e terapia hormonal, podem afetar o apetite, sensação de gosto dos alimentos e causar enjoos.

Além disso, o efeito emocional de tratar um câncer também pode afetar sua alimentação. Mas, com alguns cuidados, é possível se alimentar bem. Por isso, separamos algumas dicas para te ajudar.

É importante lembrar que cada paciente pode reagir aos tratamentos de formas diferentes e requer recomendações específicas. Portanto, é essencial consultar seu médico para uma orientação nutricional individualizada. Abaixo citamos dicas de nutrição em termos gerais.


Alimentação saudável durante o tratamento

A alimentação durante o tratamento de um câncer de mama deve ser balanceada, ou seja, deve conter os principais grupos de alimentos, nas porções adequadas. O mais importante é ter em mente que uma dieta saudável é útil para todas as pessoas, incluindo quem está passando por algum tratamento de saúde. Por isso, é importante ter os seguintes hábitos alimentares:

Fazer de 5 a 6 refeições diárias, de 3 em 3 horas;Comer devagar e mastigar bem os alimentos;Beber pelo menos 2 litros de água por dia;Incluir diariamente frutas, verduras e legumes na sua alimentação;Trocar temperos prontos (caldo de carne e de galinha) por temperos naturais (cebolinha, salsa, orégano, coentro, louro, entre outros);Moderar o consumo de fritura, gordura e produtos industrializados.

Comer bem ajudará você a permanecer forte, fornecendo ao corpo os nutrientes de que precisa.


Dicas para controlar efeitos colaterais e manter alimentação saudável

Para conseguir manter essa alimentação equilibrada, confira algumas dicas para controlar os sintomas que podem aparecer durante o tratamento do câncer de mama.


“Não tenho vontade de comer”

Algumas terapias podem causar falta de apetite. Para que você tenha mais vontade de comer, você pode:

Fazer pequenas refeições com intervalos de tempo menores entre elas. Tente comer de 2 em 2 horas;Se não quiser comer, não pule as refeições, tente escolher algum alimento de fácil mastigação, como mingau, sopa e vitamina;Preparar pratos coloridos e variados;Converse com quem irá cozinhar sobre seus desejos alimentares.


“Sinto enjoo e vontade de vomitar”

Não fique muito tempo sem comer;Não se deite após as refeições. Descanse sentado;Alguns alimentos pioram a sensação de enjoo, portanto, evite frituras, alimentos gordurosos ou oleosos; alimentos muito quentes ou picantes; alimentos muito doces ou com odores fortes.Alimentos gelados podem ajudar na sensação de enjoo. Para ajudar, você pode chupar gelo 30 minutos antes das refeições, tomar sorvete de frutas cítricas e beber sucos ou vitaminas bem gelados.Tente tomar chá de gengibre, limonada ou água com limão, segundo dica da organização de câncer de mama Susan G. Komen;Ao comer, deixe a janela aberta para o ar circular.


“Não sinto mesmo gosto ou cheiro dos alimentos”

Tente comer comidas azedas, como mousse de limão, e temperos fortes, como orégano e alecrim;Evite carne vermelha, tente frango, peru ou ovos;Alimentos riscos em zinco e cobre ajudam na recuperação do paladar, como milho, feijão, cereais de trigo, aveia, ovos, ervilhas, vegetais folhosos escuros, entre outros.


“Sinto minha boca seca”

Aumente a ingestão de líquidos;Adicione molhos e caldos na sua comida;Evite comer alimentos secos, duros e crocantes;Consuma frutas cítricas e com alto teor de líquidos, como abacaxi, laranja e morango;Chupe balas e picolés.


“Tenho dificuldade e dor para mastigar ou engolir”

Use um canudo para beber;Evite alimentos crocantes, salgados, muito picantes, ácidos ou quentes;Evite alimentos duros e de difícil mastigação;Escolha alimentos macios ou líquidos, como ensopados, suflês e purês.


“Estou com diarreia”

Beba bastante líquido;Evite leite e produtos lácteos;Prefira alimentos que ajudam a controlar a diarreia, como maçã e pera sem casca, melão, batata, beterraba, cenoura, arroz, macarrão, biscoito maisena, torrada, ovo cozido e frango sem pele.


“Estou com constipação”

Beba bastante líquido;Evite banana, queijo e ovos;Coma mais alimentos com fibra, como pães e cereais integrais, feijão, damascos, nozes, agrião, acelga, espinafre, abóbora, abobrinha, mamão e ameixa.


Lembre-se de conversar com seu médico sobre recomendações específicas para o seu caso. Converse sobre remédios que poderiam ajudar.

Por fim, o mais importante é encarar o tratamento como uma fase que passrá. A alimentação tem papel fundamental para uma boa saúde e cuidar da dieta ajuda muito na recuperação.


Fonte: https://silviobromberg.com.br/alimentacao-durante-o-tratamento-do-cancer-de-mama/

53 visualizações